A Filosofia crítica e sua importância para a Amazônia

 

 

Durante a II Jornada Benedito Nunes, que teve como tema “Amazônia e seu Ecossistema Natural, Educacional, Social e Cultural”, o pesquisador Márcio Benchimol, professor da Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista (UNESP), ministrou a palestra “Filosofia e Engajamento no Contexto Amazônico”.

Benchimol pontuou a importância da filosofia contemporânea desenvolver abordagens críticas, pois isto pressupõe uma atitude radical, perante a vida e perante o mundo, “a filosofia se manteve como um lugar autônomo de debate em que os problemas atuais possam ser analisados de maneira radical e livre de partidos. Ou seja, como uma espécie de caixa de ressonância intelectual, não pode ser neutra, tem que ser critica”, afirmou.  

Thomas Mitschein, Claudionor Dias e Breno Imbiriba, apresentaram o Programa Interdisciplinar Trópico em Movimento.  Entre as razões para o surgimento do Trópico está a polarização sócio-espacial nas regiões amazônicas em que o desenho ambiental sustentável costuma ser negligenciado.

“A grande questão colocada para construção do Programa é pensar uma civilização original dos trópicos que, entre outras coisas, entende os ecossistemas ainda intactos como um renovável tesouro de insumos naturais para as mais diversas áreas da reprodução humana”, explicou Thomas Mitschein, coordenador do Trópico em Movimento.

Para alcançar esse objetivo é necessário conectar diversos atores sociais da universidade, buscando a inter-relação entre os institutos e grupos, “a interdisciplinaridade ainda não é vivida plenamente, por isso buscamos diariamente uma relação mais estreita entre a universidade e a sociedade”, pontuou Claudionor Dias.

Sobre a importância da filosofia na criação de uma civilização original dos trópicos, Thomas Mitshchei considera que, por se relacionar com o conceito de verdade, a filosofia permitiria ligações entre as discussões epistemológicas e a realidade prática que significaria pensar a partir de relações emancipatórias.

Inauguração do Quintal Ecológico – Durante o evento aconteceu a inauguração do Quintal Ecológico Lauro Barbosa da Silveira, o local será um espaço em que o Grupo de Filosofia Temática (GFT), em parceria com o Trópico em Movimento, pretende interagir sinergicamente com a fauna e flora local a partir da teoria dos sistemas complexos, aplicada aos ecossistemas amazônicos.

Trópico em Movimento © 2016 - 2019.

Campus UFPA - Rua Augusto Corrêa, 01 - Casa do Poema,

Bairro Guamá, 66075-110, Belém, Brasil

(091) 3201-7700

  • Wix Facebook page
  • Wix Twitter page
  • Wix Google+ page