Programa Interdisciplinar - Trópico em Movimento

PROJETO DE PESQUISA: Polarização Socioeconômica e Desenvolvimento Municipal no sudeste Paraense: O caso de Água Azul do Norte.

Responsável: Prof. Dr. Thomas. A. Mitschein

Belém, 2015.

 

 

 

O Pará possui grande importância econômica diante a área do comércio exterior, participando de 13% do saldo total da balança comercial do Brasil - força substancial comparada aos acanhados 2% de participação no PIB brasileiro. Ou seja, conquista grande visibilidade econômica ao país nesta condição, mas ao mesmo tempo perde capital, prejudicado pela isenção dos impostos para bens exportados, como: carne bovina, madeira, e, especialmente, o setor mineral com produtos como alumínio, minério de ferro, níquel e cobre.

 

Estes setores econômicos de grande importância no cenário comercial de exportação do estado são aqueles que conjuntamente mais contribuem para a modificação sócio-espacial, ocorrida na região após a acelerada integração da divisão internacional do trabalho, incentivada pelo governo federal no século passado. A pecuária concentrou grande parte das 18 milhões de cabeças de gado, na região sul e sudeste do Pará; o setor madeireiro dispõe de 33 pólos de produção espalhados pelo território paraense; e o setor mineral mantém a liderança como o maior gerador de capital, com concentração registrada nos municípios de Barcarena, Oriximiná e Parauapebas, em 2003, de 12,3% do PIB estadual.

 

Em contrapartida, este grande potencial econômico gera índices sociais alarmantes que, por diversas situações de contradições sociais dos gestores municipais, com a relação do desenvolvimento do estado, não são tratadas com a devida urgência, permitindo que o ambiente proveniente de iminente força de capital, acabe agravando situações de vulnerabilidade, desigualdade social, analfabetismo, escolaridade, e tantos outros pontos danosos à população local.

 

A esfera municipal necessita de maior discussão em relação aos atores que ocasionam o problema, descobrindo formas práticas de execução por meio de apreciações acerca do futuro da sociedade, junto às instituições capazes de abranger e colaborar para a construção de um ambiente mais adequado. Com tal perspectiva, o projeto busca realizar uma análise da estrutura sócio-ambiental e econômica do município de Água Azul do Norte - localizado no sudeste paraense -, construindo uma base que permitirá consolidar e ampliar insumos para as perspectivas econômicas locais, além de estabelecer dinâmicas para os ciclos de desenvolvimento.

 

Como forma de atuação, é necessário entender de que maneira os grandes projetos minerais afetam a economia e sociedade local, em Água Azul do Norte, bem como investigar o entendimento que os representantes da sociedade civil, instituições públicas e o setor privado têm do futuro econômico do município.

 

A abordagem através de entrevistas abertas e análise quantitativa por técnicas de amostragem facilita com que o pesquisador se aproxime da inter-relação existente na estrutura socioeconômica, construindo uma ponte de entendimento de forma prática com a população do município. Neste empenho, será possível proporcionar capital suficiente para construir uma perspectiva de utilização sustentável dos recursos naturais em prol das necessidades locais, através do plano de elaboração municipal que prioriza as vocações produtivas da região.

Trópico em Movimento © 2016 - 2019.

Campus UFPA - Rua Augusto Corrêa, 01 - Casa do Poema,

Bairro Guamá, 66075-110, Belém, Brasil

(091) 3201-7700

  • Wix Facebook page
  • Wix Twitter page
  • Wix Google+ page